O QUE SABER SOBRE CORONAVIRUS - COVID-19 EXPLICADO

O QUE SABER SOBRE CORONAVIRUS - COVID-19 EXPLICADO

O que é o coronavírus?

Os coronavírus são uma grande família de vírus que podem causar doenças respiratórias em humanos, variando de resfriados comuns a condições mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS) .
O 'novo coronavírus' é uma cepa dessa família de vírus que até então não tinha sido identificada. Ele foi recentemente nomeado de SARS-CoV-2 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).  A doença que ele causa foi denominada "doença de coronavírus 2019" (ou "COVID-19").
 

Como o vírus se espalha? Como é sua transmissão?

Este coronavírus pode se espalhar de pessoa para pessoa por meio do contato direto com pacientes infectados ou por gotículas respiratórias dispersas no ar quando alguém com o vírus tosse ou espirra no mesmo ambiente em que outras pessoas se encontram. Também é possível se infectar tocando superfícies ou objetos contaminados com o vírus e, logo em seguida, levar as mãos aos olhos, boca ou nariz.

Para onde a COVID-19 se espalhou?

Em 6 de março de 2020, existiam mais de 95.000 casos confirmados de infecção pelo vírus - e 3.381 desse número resultaram em morte. Enquanto a maioria dos casos de COVID-19 ocorreu na China, o vírus se espalhou para outros 88 países.

Quais são os sintomas?

Semelhante a outras doenças respiratórias, os sintomas da COVID-19 podem incluir febre, tosse e falta de ar.

As pessoas com COVID-19 podem experimentar qualquer um desses sintomas, juntamente com dores, congestão nasal, coriza, garganta inflamada e diarreia. Os sintomas podem se manifestar de dois a 14 dias após a exposição ao vírus. Há também a possibilidade de uma pessoa infectada, mas ainda sem sintomas, disseminar o vírus. Idosos e pacientes com condições médicas pré-existentes, como doenças cardíacas, pulmonares, renais e diabetes podem ter maior risco de apresentar sintomas respiratórios graves e complicações.

Como se proteger do coronavírus

A melhor ação preventiva é evitar a exposição ao vírus. Você pode fazer isso tomando alguns cuidados - o mesmo que faria se estivesse tentando evitar qualquer doença respiratória:

  • Lave as mãos com água e sabão com frequência. Se sabão e água não estiverem acessíveis, use álcool gel.
  • Evite o contato com pessoas doentes.
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos, se não estiverem lavadas.
  • Cubra a boca e o nariz com um lenço de papel ou cotovelo dobrado quando espirrar ou tossir. Descarte imediatamente os lenços usados.
  • Se você se sentir mal, fique em casa.

O que fazer se você suspeitar que está infectado?

Como visto acima, os sintomas da COVID-19 são muito semelhantes aos de um resfriado ou gripe. Em caso de suspeita de infecção pela COVID-19, procure atendimento médico o mais rápido possível.
Enquanto busca cuidados médicos, siga as recomendações abaixo para reduzir a possibilidade de infectar outras pessoas:

  • Limite atividades ao ar livre e fique em casa o máximo que puder. Se possível, em um cômodo separado, usando um banheiro diferente dos outros moradores.
  • Limpe e /ou desinfete objetos e superfícies em que toca com frequência.
  • Acompanhe os sintomas para que possa compartilhar essas informações úteis ao profissional médico.

Existem tratamentos ou vacinas?

Atualmente, não existem tratamentos, medicamentos ou vacinas disponíveis para tratar ou prevenir a COVID-19. As pessoas infectadas com o vírus devem receber tratamento médico para aliviar os sintomas que estão apresentando.


Referências

PP-PCU-BRA-0002 - Abril/2020 

16 abril, 2020
Cadastre-se