14/08 Dia do Cardiologista - A importância das consultas de rotina com o cardiologista

14/08 Dia do Cardiologista - A importância das consultas de rotina com o cardiologista

Quando se trata da saúde do coração, todo cuidado é pouco. Por ser um órgão fundamental à vida, a doenças cardíacas lideram a lista das principais causas de morte no mundo. Para garantir uma vida longa e saudável, é importante manter não apenas uma rotina de hábitos saudáveis, mas também estabelecer um cronograma de visitas ao consultório médico.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 80% das doenças cardíacas são causadas por fatores que podem ser modificados a partir da adoção de novos hábitos de vida. Por esse motivo, é importante manter as consultas de rotina em dia e fazer todos os exames solicitados por seu cardiologista. Por meio dos check-ups frequentes, é possível identificar precocemente quando algo não vai bem e adotar medidas para aumentar a chance de sobrevida.

Quando devo começar a realizar as consultas de rotina?

Para saber quando começar a realizar as consultas de rotina com o cardiologista, é importante investigar como é a saúde da sua família. Procure descobrir se, entre os seus familiares mais próximos, há casos de doenças cardíacas ou pessoas com fatores de risco, como obesidade, diabetes, colesterol alto ou hipertensão. Caso alguém sofra de alguma dessas doenças, o ideal é iniciar a rotina de exames a partir dos 20 anos de idade.

Caso não haja histórico familiar, os check-ups devem começar aos 35 anos para os homens e 40 anos para as mulheres. Na maioria dos casos, os check-ups devem ser realizados anualmente, porém, caso seja necessário, seu médico recomendará uma rotina de exames adequada a sua situação.

Como são as consultas de rotina com o cardiologista?

Nos check-ups, os cardiologistas trabalham com três frentes de investigação.

  1. Anamnese

Nesta etapa primordial, além de perguntar se você está sentindo algum incômodo, o médico irá investigar se há casos de doenças cardíacas ou fatores de risco na sua família. É importante ir à consulta com essas respostas na ponta da língua.

  1. Exames físicos e laboratoriais

Já nesta etapa, são realizados exames para checar qual é o nível da saúde do seu coração. Além do exame físico, como aferir a pressão arterial, medir a frequência cardíaca e escutar os sons do coração com o auxílio de um estetoscópio, o médico poderá solicitar exames como o eletrocardiograma, para avaliar o ritmo do coração, e o teste ergométrico, para checar o funcionamento cardiovascular durante o esforço físico.

Os exames laboratoriais também são muito importantes para traçar qual é risco de você desenvolver doenças cardíacas. Entre os exames mais comuns estão as dosagens de colesterol, triglicérides e glicemia.

  1. Exames complementares

Caso haja a necessidade de ir mais a fundo em sua avaliação cardiológica, o médico poderá solicitar exames mais completos, como o holter, o MAPA, o ecocardiograma e a ressonância magnética do coração e vasos.

Para além das consultas de rotina

Além de comparecer ao consultório médico sempre que necessário, seja para realizar exames de rotina ou para se queixar sobre eventuais pioras no seu quadro de saúde, é muito importante adotar hábitos de vida saudáveis.

Alie uma dieta balanceada com a prática de exercícios físicos regulares. A OMS recomenda a realização de pelo menos 150 minutos semanais de atividade física leve ou moderada. Caso você fume, converse com seu médico e peça dicas que te ajudem a largar o vício. Lembre-se: é sempre melhor prevenir do que remediar.

Referências:

Organização Panamericana de Saúde (OPAS - Brasil) – “10 principais causas de morte no mundo”. Disponível em: https://www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5638:10-principais-causas-de-morte-no-mundo&Itemid=0. Acesso em 30/07/2020.

Heart Foundation New Zealand – “Heart health checks”. Disponível em: https://www.heartfoundation.org.au/heart-health-education/heart-health-checks. Acesso em 30/07/2020.

American Heart Association – “Heart-Health Screenings”. Disponível em: https://www.heart.org/en/health-topics/consumer-healthcare/what-is-cardiovascular-disease/heart-health-screenings. Acesso em 30/07/2020.

Heart Foundation New Zealand – “Heart tests”. Disponível em: https://www.heartfoundation.org.nz/your-heart/heart-tests. Acesso em 30/07/2020.

PP-PCU-BRA_0077 – setembro/2020

4 setembro, 2020
Cadastre-se